JULHO O MÊS DO MOTOCICLISTA

Lá se foram os seis primeiros meses de 2017 e muitas coisas aconteceram:

Ações de trânsito, novos amigos, novas experiências no mundo das duas rodas e aqui estamos novamente, para comemorar o mês do MOTOCICLISTA.

Mas vamos falar um pouco sobre nossos cursos de pilotagem defensiva, este ano tivemos a participação dos instrutores do Bptran, toda a parte da aula teórica e prática ficou a encargo dos oficiais Cap. Adilson Martendal  e do 1° Ten. Ângelo Gabriel

Foram repassadas informações de pilotagem e o pessoal aproveitou para tirar suas dúvidas do dia a dia também, afinal não poderíamos deixa esta oportunidade passar né!

Depois de uma manhã de troca de informações, um almoço reforçado servido pela DOM PIG FEIJOADAS, chegou a hora tão esperada, QUE LIGUEM OS MOTORES;

O grupo teve a sua disposição vários exercícios desenhados pelo BPTRAN e acompanhamento da equipe do mesmo em toda a pista, este ano contamos com a presença do Agência Luso, que ficou responsável pelas filmagens aéreas, no comando dos drones o Olavo Junior que faz várias tomadas, esperamos que vocês curtam, mas devido ao tamanho do vídeo vamos deixar o link para que vocês possam ver ok!

facebook.com/coopbrokerseguros/

A participação de toda a equipe do Bptran foi show e fica nosso agradecimento a todos, 2° Sgt. Joaquim Fonseca, Sd. Carlos Eduardo, Sd. Guilherme Bastos, Sd. Francismar de Souza, Sd. Enrique Hideo.

Também fica nosso agradecimento ao Ten. Cel Valterlei M de Souza que proporcionou o curso e que a tempos vem gerando ações em prol dos motociclistas!

Este mês ainda tem mais eventos para a turma de duas rodas!!

Fiquem, ligados em nosso blog e curtam nossa fanpage!

Nova Parceira Comercial – Suhai Seguros

A equipe da Coopbroker sempre atenta ao mercado, trás para você que busca um seguro Inteligente e que caiba em seu bolso, uma nova parceira comercial a SUHAI SEGUROS uma empresa que faz parte da Suhai Alarmes e desde 2013 atua no mercado como seguradora.

O objetivo é dar  a oportunidade de o cliente contratar a cobertura que ele avalia como essencial proteger sua moto, sem ter que pagar por serviços que não deseja usufruir.

 

Seguro de Moto

DIFERENCIAIS DO PRODUTO SUHAI / COOPBROKER

  • Produto de FURTO E ROUBO com indenização de até 100% da tabela FIPE;
  • Seguradora regularizada pela Superintendência de Seguros Privados, órgão do Governo federal responsável pelo controle e fiscalização de seguros no país;
  • Perfil Simplificado. Nosso processo de precificação é simples. Nosso sistema é online, rápido e desburocratizado;
  • Aceitamos todos os tipos de motocicletas;
  • Assistência 24 h em todo Brasil, 7 dias por semana.

 

bot-solicitar

ESCLARECIMENTO DA INDENIZAÇÃO

Um detalhe que tem que ser esclarecido, está modalidade de seguro só indeniza quando o veículo não é recuperado ou se recuperado com perdas acima de 75% do valor do bem, não tem cobertura para colisões e nem para terceiros!

Estamos atendendo as seguintes regiões: SÃO PAULO – PARANÁ – SANTA CATARINA – RIO GRANDE DO SUL – RIO DE JANEIRO – ESPIRITO SANTO E MINAS GERAIS.

Não é exigido rastreador*

Não perca mais tempo e dinheiro! Venha para a Coopbroker Corretora de Seguros e descubra um novo modo de proteger seu patrimônio

promocao

OS 10 PRIMEIROS SEGUROS DAS MOTOS HONDA CB 600 HORNET, KAWASAKI ZX6 E SUZUKI 750 SRAD EFETIVADOS GANHARÃO UM TITULO DE CAPITALIZAÇÃO PARA CONCORRER DURANTE 12 MESES O VALOR DE R$ 12.000,00**

 

capa face

 

* verificar modelos isentos de rastreador junto a Coopbroker

** Título de capitalização no valor de R$ 12.000,00 para o segurado concorrer uma vez por mês durante todo o período de vigência, sorteio pela loteria Federal, valor passivo de recolhimento de impostos por conta do segurado, será enviado um número da sorte via correio. Promoção válida até dia 21/09/2016.

Passeio Motociclístico em Curitiba

Em comemoração ao Dia do Motociclista, que é comemorado no dia 27 de julho, no último sábado, dia 23, aconteceu um passeio motociclístico, “Contornando Curitiba”.

DSC_6953

Os motociclistas se reuniram em frente ao Palácio Iguaçu, no Centro Cívico, antes de partirem em comboio em direção ao bairro Santa Cândida para terem acesso a Rodovia da Uva (PR 417). Pegaram o contorno norte (PR 418) e seguiram em direção a BR 376. Passaram pela BR 277, BR 116 e PR 415 até chegaram ao destino, o pátio do Detran em Curitiba.

Batedores da Policia Rodoviária Estadual do Bptran/PR acompanharam todo o passeio motociclístico para que os motociclistas pudessem trafegar com uma velocidade constante com toda a segurança.

DSC_6919

Moto Grupo Virago

Ao chegar no pátio do Detran, os motociclistas foram recepcionados por bandas de rock que se apresentavam ao vivo para todos. Ao redor estavam posicionadas barracas com artigos motociclísticos, e a comida ficou por conta dos food trucks que já fazem parte da rotina dos motociclistas, afinal, após um passeio tem que ter rock roll e boa comida. O moto clube com maior número de participantes, o Bodes do Asfalto, foi premiado pela Polícia Militar do Paraná. Além disso, muitos sorteios foram feitos para premiar outros participantes do evento.

Ecosul Coopbroker

Reinaldo Bertini (Honda Ecosul), Marcio Caiçara e Luiz Alberto.

Algumas empresas e entidades do mundo de Duas Rodas participaram do evento trazendo ainda mais prestígio para esse encontro motociclístico. São elas: Honda Ecosul, Motorino, BPTRAN/PR, Detran/PR, Rotary Club, Bodes do Asfalto, Virago Moto Club e o Vice Presidente do Observatório Nacional de Segurança, Mauro Gil.

OBSERVATÓRIO3 COOPBROKER

Carvalho, Luiz Alberto e Mauro Gil (Observatório Nacional).

E dando seguimento a agenda da semana teremos ainda os seguintes eventos: Tele Aula de Pilotagem Segura – REALIZAÇÃO Coopbroker Corretora de Seguros e Escola Publica de Trânsito do Detran/PR, com o palestrante Carlos Amaral.

Horários: 26, 27 e 28 e julho de 2016 das 14h às 16h

Modalidade: Presencial. Transmissão por videoconferência a partir de Curitiba

Vagas: 35 em cada Telessala com direito a Certificado de Participação

Inscrições: Em cada Ciretran

Locais: Telessalas nas Ciretran (Detran PR) de:

  • Curitiba Tarumã – Av. Victor Ferreira do Amaral, nº 2940, Tarumã – (41) 3361- 1440 (Fabiano)
  • Londrina Ciretran – Rua Suindará, nº 334 – (43) 3374-4100 (Antenor)
  • Sarandi – Av. Antonio Volpato, 450- Jardim Europa – (44) 3293-5020 (Williams)
  • Foz do Iguaçu – Av. Paraná, nº 1588 – (45) 3520-1950 (Marta)
  • Jacarezinho – Alameda Padre Magno, nº 842 – (43) 3525-0111 (Igor)

SINCOR COOPBROKER

No dia 27 de julho, teremos ações educativas espalhadas por Curitiba, entre às 11h30 e às 13h30:

  • Rua Padre Agostinho, próximo a Rua Ge. Mario Tourinho;
  • Jardim Botânico, próximo ao Velódromo;
  • Rápida Bairro/Centro, próximo ao Terminal do Pinheirinho.
BPTRAN COOPBROKER

Cel. Valterlei (BPTRAN/PR), Luiz Alberto e Augusto (Motorino).

E para encerrar a programação teremos também, no dia 30 de julho, Treino de Pilotagem Segura, na Rua Coronel  Zacarias, ao lado do Teatro Paiol, das 8h às 13h. As inscrições poderão ser feitas no local, haverá turmas de hora em hora e todos os participantes ganharão um certificado do curso.

 

Não deixe de nos seguir por aqui e na nossa página do Facebook para ficar por dentro de todas as novidades!

Motociclismo e Rock n’ Roll

Os registros do surgimento da moto são anteriores ao do surgimento do carro. Em 1885, o alemão Gottlieb Daimler, considerado o “pai do motociclismo”, criou um automóvel com apenas duas rodas e o batizou de Einspur. Então vários experimentos começaram a ser feitos, até que em 1897, foi criado na França um modelo com duas rodas e nomeado “motocicleta”. A partir daí o esporte motociclismo nasceu, muitas pessoas começaram a fazer provas de velocidade em cima de motocicletas.

29-08-gottlieb-daimler-primeira-motocicleta-patenteada-hoje-na-historia-history-channel

Depois disso começaram a surgir montadoras de moto. EM 1901 surgiu a primeira de todas, a Indian, e logo em seguida, dois anos depois, em 1903 a americana Harley Davidson apareceu. Seu modelo original tinha dois cilindros e um motor em “V”. A partir de então virou símbolo de várias gerações e dos amantes de motociclismo, ganhando destaque inclusive no cinema, onde foi usada e citada em vários filmes de Hollywood.

1656b4df-a56c-4932-881e-092c4a0a3f99

1a8b3127-d6aa-4f54-8d5d-101751bff946

Em 1904 foi organizado na França, com ingleses e franceses, a Fundação Internacional de Clubes Motociclísticos, que mais tarde receberia o nome de Federação Internacional de Motociclismo (FIM).

No Brasil o esporte começou a aparecer na década de 1910, quando teve sua primeira prova realizada em 1919, no circuito de Itapecerica, no interior de São Paulo, em que Guilherme Speara foi vitorioso.

43

Hoje em dia o Brasil é terceiro maior mercado motociclístico do mundo, poderia ser até maior se os usuários e fabricantes fossem mais conscientes dos riscos deste esporte e estilo de vida.

Antigamente motociclistas relacionados a um comportamento rebelde e transgressor. Comportamento este que foi originado próximo da década de 1950, quando foram lançados os famosos filmes hollywoodianos de James Dean e Marlon Brando, como Juventude Transviada, The Wild One e Easy Rider, com Jack Nicholson. A atitude dos atores fez tanto sucesso que cada vez mais podiam ser vistos motociclistas com jaquetas de couro fazendo parte de algum moto-clube, que ganhou mais popularidade nesta época.

Easy-Rider-Movie

Para complementar essa fama, muitas bandas de rock começaram a ter o devido reconhecimento e ficaram ainda mais conhecidas por conta desta relação com o motociclismo. Muitos moto-clubes e motociclistas ficaram conhecidos por relacionar algumas músicas com suas posturas contraventoras e insubordinadas.

Algumas músicas e bandas ficaram conhecidas por serem como hinos para alguns grupos, algumas delas são: Steppenwolf, Motorhead, Bruce Springsteen, Judas Priest, Joe Satriani, Neil Young, entre outros.

bruce-springsteen-motorcycle

Embora atualmente este tipo de comportamento não seja mais visto tão radicalmente, os motociclistas ainda mantêm uma pose de roqueiros rebeldes e os moto-clubes são muito populares e importantes para esta cultura.

 

No dia 27 de Julho é comemorado o Dia do Motociclista e a Coopbroker está cheia de novidades para este mês tão especial!

Fique ligado no nosso Facebook e Blog para não perder nenhuma novidade!

100.000 Milhas de Moto – Um livro de viagens de motocicleta

Sérgio Augusto de Munhoz Pitaki é médico especialista em Acupuntura e Radiologia e Diagnóstico por Imagem, além de poeta e escritor. Tem três livros de poemas publicados: Ágora (2003), Aurora (2008) e Alere (2012). 100.000 Milhas de Moto é seu quarto livro e relata a experiência de viajar de motocicleta.

Pertence a Academia Paranaense de Medicina, Academia Brasileira de Médicos Escritores e Academia Paranaense de Poesia. Pertence também a Sociedade de Médicos Escritores, tendo sido Presidente Nacional na gestão 2013-14. É o atual Presidente da Regional do Paraná desta Sociedade e Diretor Cultural da Associação Médica do Paraná.

Sempre ligado a esportes, a viagens e aventuras. Nos últimos anos dedicou-se ao motociclismo. Esporte com o qual completou, em pouco mais de quatro anos, 163 mil quilômetros, ou “100.000 Milhas”, que deu o nome ao seu último livro.

IMG_6786

Apesar de praticar o motociclismo, Sérgio ficou sem andar de moto por mais de trinta anos e voltou à ativa por incentivo de seus amigos. Para isso decidiu comprar uma média cilindrada pois preenchia os requisitos daquele momento.

Já começou a pensar nos roteiros que poderia percorrer em duas rodas. A América Latina sempre teve muitos atrativos para quem gosta desse tipo de viagem. Salares, vulcões e geisers são algumas das atrações do deserto do Atacama, a Disney dos adultos motociclistas. São tantas opções que fica difícil saber para onde ir primeiro.

EUA foto novo mexico

O Brasil também tem muitos atrativos para quem quer explorar nosso país de moto. Em 2013, Sérgio percorreu 13 mil quilômetros, ou aproximadamente 8 mil milhas, e conheceu todos os biomas brasileiros, passando por vários estados e cidades incríveis.

Nestes quatro anos, muitos quilômetros não foram fáceis, frio e calor intenso, cansaço, fome são alguns dos obstáculos que precisaram ser encarados com jogo de cintura e bom humor.

Para Sérgio, uma das aventuras mais desafiadoras e satisfatórias foi ir até o Alasca. Foram 30 mil quilômetros, quase 3 meses pelas Américas na companhia de seu amigo, também médico, Carlos Mueller.

ALASKA DALTON HIGHWAY

A experiência de conhecer um país em cima de uma motocicleta é completamente diferente daquela de pegar um avião e simplesmente pousar em outro lugar. Ao fazer uma viagem assim você passa a perceber as histórias que cercam o lugar, faz parte da estrada e da cultura.

“As viagens de moto são sem dúvida uma metáfora da vida. As viagens de moto são sem dúvida uma metáfora da vida. É o equilíbrio entre a atenção e a meditação, entre o prazer e o perigo. É o planejamento e a construção de um meio e de um fim. ”

CALIFORNIA 1

 

Para comprar o livro “Cem Mil Milhas”, acesse o site http://www.pitaki.com.br/

cem-mil-milhas

 

Semana que vem iremos falar com mais detalhes especificamente de uma dessas viagens do Dr. Sérgio. Fiquem atentos aos nossos posts para não perder as novidades!

 

Edição e Correção – Coopbroker Corretora de Seguros/Barbara Jones de Seixas Pinto

Atacandes – Uma viagem sobre duas rodas

A viagem pela Argentina e Chile dos nossos clientes aventureiros Rogério e Oziel já chegou ao fim. O resultado são lembranças incríveis e muitas histórias para contar.

foto 7

Viajar de moto por tanto tempo e para lugares tão afastados não é tão simples assim, é normal ter alguns contratempos e imprevistos, mas com o preparo necessário e disposição para contornar essas situações é essencial.

Se você quer se aventurar em uma viagem de moto não se esqueça de antes de sair verificar tudo o que precisa, como as leis e documentos específicos dos países que fazem parte da viagem. A Coopbroker te dá toda assistência e informações que você precisa antes da viagem.

A viagem dos motociclistas começou em abril, saindo de Curitiba. A primeira parada já contou com imprevistos climáticos. Por conta da chuva intensa, o horário de chegada em Ijuí, no Rio Grande do Sul, acabou atrasando. Saindo da Capital da Cultura do RS, como Ijuí é conhecida, seguiram viagem pelos pampas argentinos até Federal, a primeira parada fora do Brasil. Mais uma vez a chuva estava presente, acompanhando-os até Villa Maria. Pelo caminho viram muitas casas e partes das cidades alagadas. Em um pedaço da estrada tiveram que parar por conta de protestos devido as enchentes.

foto 9

Antes de sair para o próximo destino, checaram as motos e correntes porque no dia anterior eles percorreram muitos quilômetros debaixo de chuva forte. Saindo de Villa Maria a viagem seguiu mais tranquila a caminho de Mendoza, o sol deu as caras além de a estrada estar em melhores condições que as anteriores. No caminho para La Rioja, se depararam com um santuário para peregrinos, o Santuário da Defunta Correa. Acredita-se que ela tenha feito um milagre quando seu filho permaneceu vivo, mesmo após a sua morte, se alimentando de seu leite materno.

Saindo do Santuário para continuar em seu caminho para La Rioja passando por Salta. Chegando na cidade, conhecida como “La Linda”, o apetite falou mais alto e não conseguiram resistir as empanadas argentinas e foram até a praça da cidade, onde o comércio é movido pelo turismo e só as 22h começa a fechar as portas. O dia seguinte foi de muito passeio pela cidade e seus arredores, que ainda preserva seu estilo colonial argentino, e a beleza da província foi o mais chamou atenção, o apelido da cidade não é à toa.

Na manhã seguinte foi hora de partir para a próxima cidade, Corrientes. Nossos viajantes estavam preocupados com os 800 km que separavam as cidades, pois estava chovendo, há muitos animais na pista e o asfalto não era muito bom. Já na estrada se surpreenderam, pois, o asfalto estava novo em muitas partes da rodovia. Chegando em Corrientes é preciso ter uma certa atenção pois, as motocicletas não podem entrar na cidade pela via principal, sujeitas a multa. Então, caro leitor, fique atento quando for fazer este trecho com sua moto. É preciso entrar pela marginal, mas isso foi o de menos, comparado com a surpresa no trajeto do dia seguinte, em direção a Foz do Iguaçu.

Em direção ao Brasil a visibilidade da pista estava muito ruim pois a chuva que os acompanhava era intensa, e por conta disso perderam a entrada para Foz do Iguaçu, e só perceberam depois de muitos km rodados que estavam margeando o país. Pensaram em voltar para Corrientes para pegar a entrada certa, mas não valeria a pena, pois eram mais 700km para rodar e isso significava abastecer as motos na Argentina, e os pesos argentinos estavam acabando. Decidiram então ir para Mercedes e de lá ir para Uruguaiana (RS), que ficaria mais viável. Chegando de Uruguaiana seguiram viagem para Passo Fundo, para passar a noite e de lá foram para Erechim. Depois disso chegaram em Curitiba.

O que fica dessa viagem é que é preciso se adaptar as condições que estão expostos. A princípio era para irem até Santiago, no Chile, porém foram impedidos por conta de um bloqueio no túnel Cristo Redentor. Não estava nos planos conhecer Mercedes, mas acabaram por adorar a cidade que respira história. É preciso estar preparado para qualquer situação e a Coopbroker Corretora de Seguros sempre auxilia quem quer se aventurar com as melhores dicas e coberturas de seguro.

foto 18

E assim, chegamos ao final desta aventura. Se você tem planos de fazer uma viagem neste estilo, entre em contato conosco para que possamos lhe ajudar a definir seu percurso e suas coberturas.

Inclusão de Exames para detecção do Zika Vírus

laboratorio

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) definiu a incorporação de exames para detecção do vírus zika. Os exames deverão ser assegurados com prioridade para gestantes, bebês filhos de mãe com diagnóstico e infecção do vírus, assim como os recém-nascidos com malformação congênita sugestivas de infecção pelo vírus, devido a relação de microcefalia nas crianças com o vírus.

As operadoras de saúde têm até 30 dias para organizar a rede de atendimento e de laboratório para oferecer o procedimento.

Para saber mais sobre os exames e prazos, acesse: http://www.ans.gov.br/aans/noticias-ans/consumidor/3350-ans-faz-inclusao-extraordinaria-de-exames-para-deteccao-do-virus-zika

Nós da Coopbroker Corretora de Seguros oferecemos a melhor cobertura para seguro de saúde. Queremos sempre o melhor para nossos segurados, nossa prioridade é a saúde e o bem-estar.

Junho, mês dos Namorados: O amor sobre duas rodas

Entramos no clima de dia dos namorados e decidimos falar sobre os casais que viajam de moto juntos. Sabemos que muitas pessoas têm esse desejo e gostariam de saber mais sobre isso. Por conta disso fomos atrás de dois casais, que serão sempre eternos namorados, que sabemos que dividem esta experiência para nos contar qual é a melhor parte de viajar em casal e ainda dividem seu gosto por duas rodas.

Recentemente o Rogério e a Sibely fizeram uma viagem para a América do Sul e você pode ler mais sobre isso no blog do Rogério e aqui no blog da Coopbroker, já que fomos um dos patrocinadores desta jornada.

casal_moto2

“Não sei se isso acontece com todos, mas em minha adolescência costumava ouvir músicas de filmes de ação, tipo “Top Gun – Ases Indomáveis” e então imaginava salvando a mocinha do perigo com um final feliz, os dois se casando apaixonadamente. Andar com Sibely na garupa de minha moto é a concretização disso, um casal de namorados apaixonados sobre um cavalo de aço percorrendo as estradas desse mundão, talvez isso possa parecer meio retrô nos dias de hoje, mas é assim que me sinto, um marido apaixonado, um eterno namorado, protetor, uma pessoa com o propósito de sair pelo mundo com sua amada. Eu e Sibely já percorremos várias regiões da América do Sul, sobre duas rodas andamos mais de 1.100 km num só dia, pegamos neve, chuva de gelo, calor, caímos no deserto, dormimos na moto, cantamos muitas músicas e rimos muito, também passamos por alguns perrengues nas estradas, mas sempre um apoiando o outro, um tendo o cuidado com o outro. Agora, a parte boa disso tudo, é você poder ficar abraçado a pessoa que te ama enquanto você está sobre sua moto, sua segunda paixão.” Rogério Boschini

“Adoro andar de moto junto ao meu amado Rogério, admiro a sua calma, sua tranquilidade e a forma como conduz a moto na estrada, transmitindo sempre a sensação de que tudo está sobre controle, me sinto tranquila e segura com ele. Temos a mesma paixão, que é a de andar sobre duas rodas, em cima do Trovão Azul (nossa moto) contemplamos todas as paisagens, admiramos cada reta, cada curva vencida, conversamos muito sobre tudo, nossa vida, nossos filhos, as estradas e lugares por onde vamos passando e agradecemos sempre muito a Deus por nos dar condições de poder apreciar toda sua criação. Toda essa cumplicidade só faz melhorar nosso relacionamento, a vida sobre duas rodas não nos deixa entrar numa rotina, estamos sempre inventando algo novo e isso é muito bom para a vida a dois. ” Sibely de Lima Tapia Boschini

Outro casal de eternos namorados que topou em nos relatar sua experiência foi o Sebastião e a Eloisa que também adoram fazer passeios sozinhos para apreciar a companhia um do outro.

 

“É verdade que viajar de moto com um grupo, um belo bonde, é muito bom, pois podemos curtir a amizade, irmandade, companheirismo além, é logico, da segurança, tanto aquela que vem da disciplina do grupo, como por ter auxilio em um eventual problema, até mesmo pela segurança contra a criminalidade que assola nossos caminhos. Outrossim, desde que começamos a “motocar” juntos sempre tiramos um momento somente nosso. Temos feitos vários passeios solos que nos permitem apreciar um momento de intimidade na estrada, calma lá, nada demais… Sempre digo que nestes passeios o tempo, o trajeto e a velocidade é nossa, ou seja, cansamos de desviar o caminho, apenas para ver uma bela paisagem; muitas vezes mudamos o cardápio previsto, simplesmente ao avistar uma placa de um prato novo ou para simplesmente dar uma parada para descansar. Além disso, como viajamos com intercomunicador, as conversas rolam de maneira solta; não há música para distrair ou tirar o foco da DR e a proximidade da garupa cria um clima muito bom! Não posso deixar de falar algo sobre a logística de se andar “solo”. Há todo um planejamento cuidadoso em se definir o destino, o trajeto, os horários e sobre tudo a segurança pessoal, nas paradas, entradas de cidades, etc. Temos como padrão, chegar ao destino, colocar a motoca para descansar e depois sair curtir o local; já andamos de táxi, metrô e até mesmo de ônibus urbano, em nossos destinos. Ou seja, curtir a dois é muito bom, principalmente quando a sua garupa lhe acompanha de forma integral. Agradeço a Deus pela companheira e garupa que tenho, pois sem minha eterna namorada, certamente ficaria à frente de uma TV ou um computador. ” Sebastião Porcides Junior

“Viajar de moto com meu companheiro de vida é mais um momento entre nós dois de cumplicidade. É compartilhar emoções e sensações que só viajando de moto podemos experimentar. As nossas viagens sempre começam quando a anterior está por terminar. Neste momento já começamos juntos a planejar a próxima saída de moto, seja ela de final de semana, um bate volta ou mais longa. Pensamos juntos por dias, por semanas as vezes por meses, cada detalhe da viagem, o melhor roteiro, dividimos a vontade de conhecer novos lugares, combinamos as paradas, os pernoites e negociamos as “minhas bagagens” (risos). Em fim do planejamento até o fim da viagem estamos unidos em torno de uma ideia, compartilhamos o gosto por andar de moto e comungamos das mesmas emoções que viajar de moto pode proporcionar. ” Eloisa Falavinha

Lendo estes depoimentos podemos ver que viajar em casal é muito bom! Se você nunca experimentou e tem medo, entre em contato com a Coopbroker Corretora de Seguros que nós iremos te auxiliar com as melhores dicas e coberturas de seguros para este tipo de viagem.

Se você tem alguma sugestão de tema para o blog, mande um e-mail para marketing@coopbroker.com.br !

Feliz Dia dos Namorados para todos e até o próximo post!

Maio Amarelo, tornando o trânsito um lugar mais seguro.

Em 2014 o Brasil ficou em 4º lugar no ranking mundial de acidentes no trânsito, totalizando em 43 mil mortes, aproximadamente. Em 2016, só no Paraná, foram 1300 atropelamentos. O Maio Amarelo nasceu com o objetivo de diminuir este número e tornar o trânsito um lugar mais seguro para motoristas, pedestres e ciclistas.

O Movimento Maio Amarelo acabou nesta terça-feira, 31/05, e os resultados superaram as expectativas. Entre motoristas e pedestres, a abordagem foi geral, tratando de assuntos que muitas vezes são vistos como banais, mas que precisavam de atenção e foram discutidos durante vários dias da campanha.

4334d0b5-3b68-4326-ac46-241033c74810

 

A Coopbroker Corretora de Seguros participou ativamente das ações. Este ano nosso foco foi para as motocicletas, que são responsáveis por um número muito elevado de acidentes. Com a intenção de tentar conscientizar os motociclistas das responsabilidades que eles tem ao conduzir uma moto, ofertamos para nossos segurados e convidados um Curso de Pilotagem defensiva. Com duração de dois dias, tivemos aulas teórica e prática, ministradas pelo instrutor Carlos Amaral, especialista em trânsito brasileiro e diretor operacional da Carlos Amaral & Zuliani Motorcycle Training. Para saber como foi clique aqui.

2Uma das ações que teve mais repercussão no movimento foram as blitz educativas, no último dia 25/05, que ocorreu no país todo e nós fomos responsáveis por cuidar de um ponto da blitz educativa, com cobertura da RPC. Ficamos na Rua João Negrão, rua onde tem a maior concentração de lojas especializadas em acessórios e equipamentos para motocicletas da cidade. Nossa movimentação contou com apoio dos lojistas da região, Curitiba MotoStore, Adrenalina Moto Racing, Motosprint e motociclistas do Moto Grupo Virago  bem como do Bptran/PR, Sincor-Pr entre outras e conseguimos atingir um grande número de condutores que passaram pela rua no horário do almoço. Pudemos conscientizar tanto os motoristas que pararam na blitz quanto as pessoas que estavam de carona no carro, o que também teve grande importância se considerarmos que elas também podem ser condutores e pedestres.

Os números no estado do Paraná são surpreendentes, foram quase 6 milhões de pessoas atingidas pelo movimento nas redes sociais, em 31 dias de campanha. Para Mauro Gil, vice presidente do Observatório Nacional de Segurança Viária, estes números foram bons para alertar as pessoas, tanto pedestres quanto condutores, e tornar o trânsito um lugar mais seguro para todos.

Sabemos que o mês de maio acabou e com ele o movimento Maio Amarelo, mas precisamos ficar atentos e não deixar que as ações que foram feitas durante todo o mês sejam esquecidas. O trânsito é um lugar perigoso e não devemos tratá-lo com descaso, é preciso muita atenção e responsabilidade.

final maio amarelo

Nós da Coopbroker Corretora de Seguros estamos preparando muitos conteúdos e novidades para o mês de junho. Nos siga por aqui e no Facebook para saber tudo que irá acontecer.

Edição e Correção – Coopbroker Corretora de Seguros/Barbara Jones de Seixas Pinto

Novidades no Mundo dos Eletrônicos

É difícil ver alguém sem um smartphone na mão hoje em dia. O mundo todo está conectado e as grandes marcas estão investindo suas forças em novidades para os melhores modelos para seus clientes e em tecnologias ainda mais inovadoras.

Um bom exemplo dessas marcas que estão investindo nos smartphones são as marcas Lenovo e Asus. Famosas por seus computadores pessoais, elas decidiram apostar nos celulares e não estão fazendo feio. Os seus telefones Vibe e Zenfone, respectivamente, estão batendo de frente com marcas mais consagradas e tradicionais do mercado, entre elas Samsung, Motorola, Apple, LG e Sony.

photography-801891_1920

Todas estas marcas tem aparelhos que estão entre os mais vendidos no Brasil. A LG, por conta de algumas reclamações, trabalhou para mudar isso, está com novos celulares que estão entre os melhores na relação custo benefício. A Sony é outra marca que deixava seus celulares a desejar e que está trabalhando para atender melhor seus clientes.

Já a Samsung com seus Galaxys está no topo de quase todas as listas de mais vendidos, desde os celulares intermediários, como o J5, até os mais luxuosos, como seu mais novo lançamento, o Galaxy S7 Edge que tem uma das melhores câmeras do mercado, com 12 megapixels, e permite uma resolução de 4290×2800 pixels nas suas fotos. A Motorola é uma das marcas mais tradicionais, desde os primeiros modelos de telefone. Sua novidade do momento é o Moto X Force, que muito se assemelha ao Galazy S7 Edge por conta de sua câmera, que é ainda melhor que a do seu concorrene, com 21 megapixels, e por ser um dos celulares mais finos da atualidade e memória de 64GB e possibilidade de expansão.

Para os que preferem  o sistema IOS, a Apple não deixa de inovar, o seu celular mais vendido no Brasil é Iphone 6S, com a possibilidade de ser Plus, um dos maiores celulares do mercado, com 5.5 polegadas. Em breve lançará no Brasil o seu novo aparelho, o Iphone SE. Ele tem o mesmo processador do 6S, mas com o tamanho do 5S, é o telefone de 4 polegadas mais rápido do mercado, fora as novidades da câmera e outras facilidades.

iphone-6-458151_1920

A Coopbroker Corretora de Seguros oferece o Seguro para Equipamentos Portáteis, que garante a reposição do seu equipamento no caso de incêndio, raio, explosão e impacto de veículos terrestres e aeronaves. Você também pode contratar a cobertura opcional para subtração de bens e danos elétricos, além de garantia internacional e para acessórios.
solicite sua cotação